Por Teresa Perez

Considerada por muitos como a mais bela cidade japonesa, Kyoto encanta os visitantes com charme pitoresco, bairros tradicionais, ruas antigas e estreitas, cenas cotidianas e monumentos fascinantes.

A cidade possui uma atmosfera única, bastante diferente da vivenciada em Tóquio. A despeito da inevitável ocidentalização, tradições milenares ainda são cultivadas, senhoras ainda circulam pelas ruas vestindo quimonos e tamanquinhos, e com sorte é possível ver algumas gueixas na cidade que inventou a cerimônia do chá, o paisagismo japonês e o Ikebana.

TrendyDesign-Blog-16-03-16-Viagem-JapaoKyoto-Kyoto

Conhecida como a Capital dos Templos, a antiga Kyoto foi sede do Japão Imperial por mais de mil anos. Cercada por colinas que lhe serviram como fortaleza natural, a cidade foi o centro político da nação de 794 a 1868, sendo também um importante centro cultural e artístico, posição que ocupa até hoje.

Mais de 1600 templos budistas e 270 santuários xintoístas atestam sua importância religiosa, enquanto o Palácio Imperial e as Vilas Imperiais com seus lendários jardins refletem toda sua glória e esplendor. A riqueza da arte tradicional tem sido cuidadosa e carinhosamente preservada, influenciando artistas e arquitetos do mundo todo.

TrendyDesign-Blog-16-03-16-Viagem-JapaoKyoto-Kyoto

Originalmente chamada Heiankyo – Capital da Paz- Kyoto não vive somente de seu passado de glórias. A sétima maior cidade japonesa acompanha o Japão moderno com numerosas e prósperas indústrias, além de abrigar algumas das mais prestigiadas universidades do país.

Passeios

Templo Kinkakuji (Pavilhão de Ouro)

Uma das principais atrações de Kyoto é, sem dúvida, o Templo Kinkakuji. Folheado a ouro, foi erguido no século 14 e reconstruído na década de 50 do século 20, após ter sido destruído em um incêndio. O reflexo dourado nas águas do lago é acentuado no outono, quando as árvores tornam-se avermelhadas e ocres. Os belíssimos jardins que cercam o pavilhão refletem o bom gosto japonês, desde a Era Edo, quando reinava o shogunato no Japão.

TrendyDesign-Blog-16-03-16-Viagem-JapaoKyoto-Templo-Kinkakuji

Santuário Xintoísta Fushimi Inari

Um dos santuários xintoístas mais famosos do Japão, sendo particularmente conhecido pelos numerosos pórticos, pintados em vermelho, chamados Torii, que se erguem na colina. Cerca de 10 mil Toriis doados pelos fiéis seguidores da religião formam um túnel de aproximadamente 4km de comprimento.

TrendyDesign-Blog-16-03-16-Viagem-JapaoKyoto-SantuárioXintoístaFushimiInari

Castelo Nijo

Esta fortaleza de 33 aposentos, cercada por um fosso e paredes de pedra, foi construída no século 17 para servir de residência ao Shogun Tokugawa, fundador da dinastia Tokugawa e um dos shoguns mais importantes da história – considerado como o unificador do Japão. Os edifícios do complexo abrigam pinturas e obras de arte, fruto do trabalho dos mais importantes artistas da época.

Cercado por belos jardins, o castelo passou por uma restauração completa antes de ser aberto para visitação. É Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

TrendyDesign-Blog-16-03-16-Viagem-JapaoKyotoCasteloNijo

Arashiyama (cerca de 40 minutos de Kyoto)

Qualquer que seja a estação, Arashiyama sempre oferece algo que agrada aos olhos e é uma região muito querida pelos japoneses. A região oferece muita beleza natural. O templo Tenryu-ji foi fundado pelo primeiro xogum Ashikaga Takauji, em 1339. O jardim está intacto até hoje e o lago tem a forma de um caractere chinês, kokoro, ou “coração iluminado”.
Outro tesouro é o Okochi Sanso, a mansão particular da estrela de cinema mudo, Okochi Denjiiro. Do jardim se tem uma vista maravilhosa do monte Hiei e do desfiladeiro do Rio Hozu. Destaque também para o templo de Adashino Nembutsuji, onde estão 8 mil estátuas de Buda e pagodas. A área era um antigo crematório com túmulos que datam o período Heian, circundado por florestas de bambo.

TrendyDesign-Blog-16-03-16-Viagem-JapaoKyoto-Arashiyama

Restaurantes

Ryozanpaku

No restaurante Ryozanpaku tudo é preparado no próprio estabelecimento – inclusive o molho de soja e o konnyaku – alimento japonês produzido com batatas. O interior possui design elegante e, ao mesmo tempo, caseiro e aconchegante, ideal para se aproveitar cada pedaço da refeição.

5-2 Yoshidaizumidonocho. Kyoto. Tel: 81 75 7714447. www.ryozanpaku.net.

Kushi Kura

A especialidade de Kushi Kura é o típico yakitori – espetos de frango e de legumes grelhados. Para se chegar ao sabor natural e perfeito, é utilizado o carvão vegetal binchotan. Para completar, os quitutes podem ser acompanhados de uma gama de bebidas: saquês, vinhos, cervejas e os tradicionais refrigerantes e sucos.

584 Hiiragi-cho. Kyoto. Tel: 81 75 2132211. www.fukunaga-tf.com/kushikura.

Junidanya

Um dos restaurantes de estilo mais tradicional em Kyoto, o Junidanya serve principalmente o shabu shabu – carne cortada em tiras finas preparada em wok com vegetais. As salas de jantar têm estilo japonês com tatames, mas cada quarto apresenta um carácter único, decorado com obras de artistas famosos, como o ceramista Kawai Kanjiro.

570-128 Gionmachi Minamigawa. Kyoto. Tel: 81 75 5611655.

Hotéis

The Ritz-Carlton Kyoto

Às margens do rio Kamogawa, na vibrante e cultural Kyoto, o The Ritz-Carlton é considerado o primeiro urban resort do Japão. As vistas para o rio e para as montanhas Higashiyama completam a experiência sensorial que se revela em um design sofisticado de interiores, combinando as antigas tradições da cultura japonesa à elegância contemporânea. Dentre as suítes do hotel, a Tsukimi reserva uma inspiração adicional: um jardim “zen” particular, iluminado por tradicionais lanternas japonesas, que dão a exata sensação de vivenciar a cultura do país.

TrendyDesign-Blog-16-03-16-Viagem-JapaoKyoto-HotelThe-Ritz-Carlton

Hakone

Uma das regiões mais bonitas do Japão, Hakone é parte do Parque Nacional Fuji-Hakone-Izu, distante apenas 100km de Tóquio. Famosa por suas águas termais, pelas atividades junto à natureza e pela visão privilegiada do Monte Fuji, sua beleza é acentuada por montanhas, florestas, vales e desfiladeiros.

Nos tempos feudais, Hakone era um posto de inspeção muito importante para a segurança da antiga Edo (atual Tóquio), então sede do Shogunato (governo militar feudal), cujas relíquias e documentos históricos estão cuidadosamente preservados em diversos museus da cidade.

TrendyDesign-Blog-16-03-16-Viagem-JapaoKyoto-Hakone

Passeios

Owakudani Vale

É um desfiladeiro que solta fumaça sulfurosa, a qual se desprende de rachaduras das rochas ou do próprio solo, dando provas de atividades vulcânicas no passado.

TrendyDesign-Blog-16-03-16-Viagem-JapaoKyoto-OwakudaniVale

Lago Ashi

Famoso pelo reflexo invertido do Monte Fuji em suas águas, o Lago Ashi possui 17km de circunferência e oferece diversas opções de atividades, como pesca e passeios de barco. Sua beleza está retratada em livros e cartões-postais, sendo uma das paisagens mais fotografadas doJapão.

TrendyDesign-Blog-16-03-16-Viagem-JapaoKyoto-LagoAshi

Hakone Open Air Museum

Localizado no Parque Nacional Fugi-Hakone-Izu, este museu a céu aberto cria uma harmoniosa composição entre a natureza e a arte, exibindo diversas esculturas que se integram ao belo cenário natural de vales e montanhas. O museu também possui galerias de arte em espaços fechados com belo acervo de pinturas, incluindo uma pequena coleção de obras de Picasso.

TrendyDesign-Blog-16-03-16-Viagem-JapaoKyoto-HakoneOpenAirMuseum

A Teresa Perez Tours é especialista em criar roteiros personalizados. Os programas são preparados de acordo com os interesses de cada cliente. Para mais informações, acesse www.teresaperez.com.br

Comments

comments