Carlos Motta é, sem sombra de dúvidas, um indivíduo singular. Rebelde, extremamente talentoso, mas acima de tudo humano, o premiado arquiteto humildemente se define como, “um projetista de móveis e um construtor de casas confortáveis, apenas”.

Proveniente de uma família de intelectuais, com valores e estilo de vida mais tradicionais, Motta, como é conhecido por alguns, desde cedo procurou, talvez até inconscientemente, quebrar a escala de valores a qual era submetido.

Viciado em Surf, ecologia e natureza, Motta teve uma juventude libertina e intensa. Sempre rodeado por amigos, o jovem deixava claro qual era seu lema de vida: “Sexo, Drogas e Rock n Roll”.

Foi descendo a serra para surfar nas praias do Guarujá que Motta começou a descobrir uma parte da sua vocação. A partir de troncos de árvores encontrados pela praia, o artista produziu seus primeiros objetos.

Apesar de uma vocação incontestável no trato com a madeira, e por uma sensibilidade ímpar na relação com tudo aquilo que é natural e orgânico, o jovem Carlos Motta iniciou sua jornada universitária no curso Direito. A passagem não durou quase nada. Poucos meses depois o estudante já estava se aventurando no universo da Publicidade.  Advinha? Mais uma frustração. Como aprender a vender qualquer produto? Motta só queria vender objetos de qualidade, qualquer coisa não bastava para esta alma movida pela excelência da simplicidade.

Foi na terceira tentativa acadêmica que Motta se encontrou. Cursando Arquitetura, descobriu que poderia unir tudo aquilo que precisava: Desenho, Projeto, Concepção e Execução. Ao término do curso o, já formado arquiteto, se mudou para a Califórnia, onde ficou por um ano estudando técnicas de construção em madeira e ferro.

Arquitetura-Design-Trendy-Carlos-Motta-Ateliê

Ateliê

Arquitetura-Design-Trendy-Carlos-Motta-Poltrona-Luna

Poltrona Luna

Trabalhando por um Conceito

Ao voltar para o Brasil, o arquiteto abriu o Atelier Carlos Motta. Localizado no mesmo lugar desde 1980, o estúdio fica na charmosa Rua Aspicuelta, no bairro da Vila Madalena. É neste espaço onde o artista realiza todo seu trabalho com a auxilio de Toninho, seu ajudante desde quando tudo começou.

Hoje, o trabalho de Motta possui algumas vertentes, todas entrelaçadas pelo mesmo e perene conceito da procura do óbvio, do simples, do respeitoso e longevo. É do atelier deste mestre do manuseio da madeira que saem os mais variados e criativos projetos. De móveis artesanais à desenhos de construção civil. De peças únicas à projetos feitos em escala industrial.

E é assim que têm sido a vida desse artista, arquiteto, marceneiro, projetista, construtor, ou seja, lá como você queira chama-lo. Uma jornada vibrante de um ser humano que veio para quebrar barreiras e deixar a sua marca.

Comments

comments